Sugal tem 3% do mercado mundial de concentrado de tomate

Estratégia. Conta já 57 anos, mas só nos últimos oito apostou na expansão internacional. Hoje, a Sugal, detentora da famosa marca Guloso, tem cinco fábricas entre Portugal, Espanha e Chile, e é o 4.º maior exportador de tomate do mundo

_T6C6318

O Sugal Group especializou-se na produção de molhos e concentrados de tomate. A primeira fábrica foi fundada em 1958 por Luís Ortigão Costa

Em quase seis décadas, a Sugal passou de uma humilde fábrica ribatejana a uma multinacional de referência no setor da produção de tomate a nível global, detentora de uma quota de 3% do mercado mundial de concentrado. A recente aposta numa forte estratégia de expansão e internacionalização acrescentou-lhe quatro fábricas – em Portugal, Espanha e Chile – e deu-lhe uma vantagem competitiva: estando em ambos os hemisférios do globo, é a única produtora a ter duas colheitas de tomate por ano.

Foi em 1958 que Luís Ortigão Costa criou, na Azambuja, a Sugal, empresa familiar dedicada à produção de derivados de tomate. Durante anos, a fábrica foi crescendo e renovando os seus equipamentos e processos de transformação deste produto. Mas só com a chegada do novo milénio se daria a aposta na expansão e internacionalização.

Em 2007, com aquisição da Idal, fábrica de Benavente, a Sugal adquiriu também a emblemática marca Guloso e consolidou a sua posição de liderança no mercado nacional. Três anos depois, iniciou a expansão internacional, optando pela vizinha Espanha. A compra de uma fábrica de processamento de tomate em Sevilha mais do que duplicou a capacidade de produção da empresa.

Em 2012, apostando numa arrojada estratégia de garantir mais de uma colheita por ano, a Sugal expandiu-se para o hemisfério sul, com a compra de duas fábricas no Chile. Com isso a empresa garante que um desastre climático na Europa não impedirá o fornecimento aos seus clientes.

Hoje, a Sugal é um dos maiores produtores do mundo de tomate e seus derivados, dedica 95% da sua produção à exportação, o que faz dela a 4.ª maior exportadora mundial de tomate, e está presente em mais de 60 países.

 

Texto: Adelaide Cabral
Foto: Sugal Group